EXÉRCITO É SUCESSO NO ATLETISMO DAS FORÇAS ARMADAS

Exército começa na frente no 35º Campeonato Brasileiro de Atletismo das Forças Armadas Assessoria de Comunicação Social do MD Fotos: Divulgação CDMB No primeiro dia do 35º Campeonato Brasileiro de Atletismo das Forças Armadas, realizado ontem (01/06), na cidade do Rio de Janeiro, o Exército venceu todas as provas. No salto em altura, lançamento do disco, revezamento 4x400 metros, salto triplo, 100, 800 e 5.000 metros rasos, a equipe da Força Terrestre foi arrasadora. Destaque para os atletas do revezamento 4x400. Eles conseguiram alcançar a excelente marca de 3min11s99, índice melhor do que o esperado para participar do Mundial da Índia. Até domingo (03/06), cerca de 100 atletas da Marinha, Exército, Aeronáutica, Polícia Militar do Distrito Federal e do Rio de Janeiro, disputam as modalidades do esporte – corrida, lançamentos e saltos – na Escola de Educação Física do Exército. Eles serão avaliados e selecionados por membros da Comissão Desportiva Militar do Brasil, na disputa das vagas para compor a equipe brasileira que vai atuar nos Jogos Mundiais da Índia, em outubro deste ano. Um dos responsáveis pela organização do evento é o Tenente Coronel Carlos Augusto Feitosa. Segundo ele, a seleção dos atletas para a equipe brasileira do mundial vai ser feita a partir de índices pré-estabelecidos, obtidos em competições internacionais e nacionais anteriores. “Os competidores que alcançarem as marcas estarão pré-selecionados para compor a equipe. Eles devem se classificar nas três primeiras colocações de cada prova. No entanto, não sabemos como será o nível da disputa, pois o esporte não tem campeonatos militares desde 2001”, disse.

Galeria da Notícia

Sobre o Autor: JORGE CESAR DE ASSIS

Advogado inscrito na OAB-PR. Integrou o Ministério Público Militar da União de 1999-2016. Integrou o Ministério Público paranaense de 1995-1999. Oficial da Reserva não Remunerada da Polícia Militar do Paraná. Sócio Fundador da Associação Internacional das Justiças Militares. Membro Correspondente da Academia Mineira de Direito Militar. Coordenador da Biblioteca de Estudos de Direito Militar da Editora Juruá.