PM DO PARANÁ CRIA CONSELHO REVISOR PARA AÇÕES

Polícia Militar cria conselho revisor para acompanhar ações estratégicas - 03/07/2008 12:39:52 O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo José de Oliveira, instalou oficialmente, nesta quinta-feira (3), o Conselho Revisor, para acompanhamento das ações estratégicas da corporação, nos moldes do conselho do governo estadual. Trata-se de um dos projetos internos do novo comandante da PM que terá reflexos diretos para a comunidade. “É uma medida importantíssima para a Polícia Militar, porque estrutura o acompanhamento de todos os projetos”, afirmou Anselmo. Anselmo citou como exemplo a Operação Escudo, que será monitorada pelo Conselho Revisor, assim como todos os projetos anunciados e aqueles que forem implantados ao longo do tempo. A operação já está em andamento em Curitiba e região metropolitana, e também alguns municípios do interior do Paraná. Segundo o comandante, para cada projeto é especificado um conceito, um cronograma de prazos para as ações e, a cada 15 dias, o presidente do conselho, coronel Celso José Mello, chefe do Estado Maior da corporação, se reúne com quem está à frente de cada projeto para saber do andamento dos trabalhos. “Estamos iniciando o Conselho Revisor com 21 programas”, disse Anselmo, explicando que este número não é fixo. Outro projeto que será acompanhado pelo conselho é a criação da Corregedoria da Polícia Militar, que vai acelerar a tramitação dos procedimentos em casos de desvios de conduta de policiais militares. Há ainda o acompanhamento dos trabalhos da Força Samurai, lançada na última semana de junho, para o combate ao narcotráfico. O Conselho Revisor ainda vai verificar o andamento dos trabalhos relacionados a um novo projeto, a ser anunciado em breve, que é a Segurança Social, que pretende propor à sociedade a revisão de comportamentos para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. Ainda de acordo com o coronel Anselmo, a população verá os reflexos positivos da atuação do conselho. “No caso da Operação Escudo, a população vê os policiais militares atuando, muitas vezes desconhecendo até que o projeto é normatizado pelo Conselho Revisor”, comentou. “O Conselho Revisor se traduz num trabalho dinâmico e participativo que vai nos mostrar a realidade da ação da PM”, completou o coronel Celso José Mello.

Sobre o Autor: JORGE CESAR DE ASSIS

Advogado inscrito na OAB-PR. Integrou o Ministério Público Militar da União de 1999-2016. Integrou o Ministério Público paranaense de 1995-1999. Oficial da Reserva não Remunerada da Polícia Militar do Paraná. Sócio Fundador da Associação Internacional das Justiças Militares. Membro Correspondente da Academia Mineira de Direito Militar. Coordenador da Biblioteca de Estudos de Direito Militar da Editora Juruá.